top of page
  • Foto do escritorEquipe Great People

Saúde mental no trabalho: estratégias e tendências para ter uma equipe saudável e motivada

Atualizado: 1 de dez. de 2023


Saúde mental no trabalho | Artigo exclusivo Great People
Saúde mental no trabalho | Artigo exclusivo Great People

Cuidar da saúde mental das pessoas nunca foi tão importante para as empresas quanto nos dias atuais.


Com tendências emergentes em bem-estar e saúde mental e a crescente conscientização da sua relevância, as empresas agora têm a oportunidade de construir um ambiente de trabalho mais saudável e motivador.


A importância da saúde mental no local de trabalho


A saúde mental é um componente vital do bem-estar geral das pessoas e tem um impacto direto no desempenho no trabalho. Em um cenário desafiador como o que vivemos, principalmente com os impactos da pandemia, observamos um aumento significativo de 30% nos sintomas de ansiedade e depressão em 2021, sendo os jovens adultos de 18 a 24 anos 56% mais propensos a relatarem estes sintomas ("Saúde mental: transformando conceito em estratégia" - Jungle).


Essas estatísticas alarmantes ilustram a necessidade imperativa de cuidar da saúde mental no local de trabalho. As empresas precisam se conscientizar de que é urgente tratar a saúde mental como estratégia e construir uma cultura organizacional e um ambiente de trabalho seguro e saudável para todas as pessoas.


Investir em benefícios voltados para a saúde também é um caminho importante. No entanto, não é suficiente apenas oferecer esses benefícios. As empresas também devem desenvolver uma estratégia sólida de incentivo à adesão a esses recursos, assegurando que as pessoas se sintam apoiadas e encorajadas a cuidarem de sua saúde mental de forma preventiva, inclusive.


O impacto da saúde mental no desempenho profissional


Pessoas que estão vivenciando algum desafio em relação à saúde mental ou não se sentem seguras em seus ambientes de trabalho podem ter sua concentração, tomada de decisão, habilidades de interação e, em última instância, sua produtividade afetadas.



Dados recentes apontam que 79% das pessoas sentem-se menos comprometidas em ambientes com pouca segurança emocional (Christine Porath, Harvard Business; Debbie Macinnis, Universidade da Califórnia).


A falta de segurança emocional no trabalho pode levar à redução do esforço diário em 48% dos casos e 38% das pessoas tendem a diminuir a qualidade do seu trabalho. Além disso, a criatividade e a inovação, elementos fundamentais para o sucesso e crescimento de qualquer empresa, também sofrem, com uma queda de 30%.


Custos associados a problemas de saúde mental no ambiente de trabalho


Os problemas de saúde mental no local de trabalho não só afetam o bem-estar e a produtividade das pessoas, mas também têm um custo financeiro significativo para as empresas.


Absenteísmo, baixa produtividade, alta rotatividade e despesas médicas são algumas das formas como os problemas de saúde mental podem impactar financeiramente uma organização.


No entanto, as empresas que investem em programas de saúde mental eficazes podem realmente economizar dinheiro a longo prazo. Programas de saúde mental cientificamente embasados, por exemplo, têm um retorno sobre o investimento (ROI) de $7 para cada dólar investido, segundo a Deloitte (The ROI in workplace mental health programs).


Isso demonstra que investir em saúde mental não é apenas bom para as pessoas, mas também para o resultado final das empresas.


A relação entre saúde mental e engajamento das pessoas


Quando as pessoas sentem que sua saúde mental é valorizada e apoiada no local de trabalho, podem se sentir mais motivadas e engajadas. A saúde mental afeta a forma como os indivíduos veem seu trabalho, seus colegas e sua própria capacidade de desempenhar suas funções.


Quando as empresas investem em bem-estar e saúde mental, mostram às pessoas que elas são valorizadas e respeitadas, levando a um aumento na moral e no comprometimento com a organização. Além disso, investimentos nesse sentido estão diretamente ligados à redução do absenteísmo e da rotatividade e ao aumento da satisfação no trabalho.


Burnout


O burnout, ou síndrome do esgotamento profissional, é uma realidade preocupante no ambiente de trabalho. Trata-se de um estado de esgotamento físico e emocional que pode afetar a capacidade de uma pessoa funcionar efetivamente no trabalho e em sua vida pessoal.


Da fatia de 25% das pessoas diagnosticadas com burnout, 50% destas abandonam o tratamento, segundo dados levantados pela Jungle. Empresas que se preocupam com a saúde emocional das pessoas, proporcionando um ambiente de trabalho positivo e recursos de apoio à saúde mental, podem reduzir o risco de burnout em 52%.


A pandemia da COVID-19 apenas ressaltou a questão da saúde emocional no ambiente de trabalho, com 80% dos gestores percebendo um aumento significativo na necessidade de cuidar da saúde emocional dos seus times, de acordo com o Relatório Tendências de Gestão de Pessoas 2022 - GPTW Brasil.


Tendências atuais em saúde mental


À medida que a conscientização sobre a importância da saúde mental no trabalho cresce, emergem novas tendências que refletem as necessidades atuais das pessoas e as prioridades das empresas. A seguir, estão algumas das tendências mais notáveis que estão moldando o cenário do bem-estar e da saúde mental no local de trabalho.


A ascensão do trabalho remoto e seus efeitos na saúde mental


A pandemia catalisou uma mudança em massa para o trabalho remoto ou home office. Para muitos, essa mudança ofereceu flexibilidade e conforto. No entanto, a transição abrupta e a mistura das fronteiras entre vida pessoal e profissional podem ter efeitos adversos na saúde mental das pessoas.


Isso, somado à incerteza e ao medo provocados pela pandemia, exacerbou os desafios de saúde mental, levando a um aumento de 30% nos sintomas de ansiedade e depressão em 2021 ("Saúde mental: transformando conceito em estratégia" - Jungle). Em meio aos desafios, a ascensão do home office destaca a necessidade de estratégias e intervenções de saúde mental mais robustas e adaptáveis.


Programas integrados e holísticos


À medida que as empresas reconhecem a complexidade da saúde mental, há uma crescente ênfase em abordagens integradas e holísticas para o bem-estar das pessoas. Isso significa que as ações pontuais, embora valiosas, não são suficientes para abordar completamente o espectro de desafios de saúde mental que os indivíduos podem enfrentar.


Em vez disso, é essencial considerar a saúde mental como parte integrante da estratégia geral da empresa.


Essas abordagens não apenas focam na saúde mental, mas também criam uma cultura de bem-estar que pode ajudar a prevenir problemas de saúde mental e aumentar a resiliência das pessoas.


O papel da tecnologia na promoção da saúde mental


A tecnologia tem um papel cada vez mais importante na promoção da saúde mental. As plataformas digitais e os aplicativos de saúde mental estão se tornando uma ferramenta cada vez mais comum para fornecer apoio e intervenções de saúde mental.


A tecnologia também permite um melhor mapeamento e análise da saúde emocional das pessoas. Por meio do uso de ciência e dados, é possível personalizar as ações de saúde mental para atender às necessidades específicas de cada equipe. A Jungle, empresa do nosso ecossistema referência na área, utiliza a tecnologia para coletar dados e insights que auxiliam na criação de programas de saúde mental personalizados e eficazes.


As empresas estão começando a reconhecer que a saúde mental não é um problema que pode ser ignorado ou adiado. Elas estão investindo em estratégias de saúde mental e utilizando as últimas tendências e tecnologias para criar ambientes de trabalho mais saudáveis e motivadores. Conforme avançamos, é provável que vejamos ainda mais inovação e progresso nesta área.


Estratégias para apoiar a saúde mental das pessoas


Confira a seguir algumas estratégias que as empresas podem adotar para dar suporte à saúde mental.


Implementação de políticas de trabalho flexíveis


A pandemia da COVID-19 evidenciou a importância da flexibilidade no trabalho. Políticas de trabalho flexíveis, como a possibilidade de trabalhar remotamente ou ter horários de trabalho flexíveis, podem ajudar a reduzir o estresse e melhorar a saúde mental das pessoas, além de promover um melhor equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.


No entanto, a implementação efetiva dessas políticas requer um entendimento claro da situação atual das pessoas. É importante mapear e entender as necessidades e desafios específicos para desenvolver políticas de trabalho flexíveis que sejam realmente benéficas.


Você pode gostar de ler também 👇



Estabelecer programas de apoio à saúde mental


Programas de apoio à saúde mental, como aconselhamento, terapia, capacitação de lideranças e treinamento de resiliência podem ser ferramentas valiosas para ajudar as pessoas a lidarem com o estresse e outros desafios de saúde mental. Mais uma vez, é fundamental mapear e entender as necessidades das equipes para desenvolver programas de apoio à saúde mental que atendam às demandas de cada empresa.


Programas eficazes de apoio à saúde mental também devem ser holísticos, abordando todos os aspectos do bem-estar, incluindo físico, emocional e social. Eles também devem ser integrados à cultura e estratégia geral da empresa para garantir que a saúde mental seja tratada como uma prioridade.


Treinamento e conscientização em saúde mental


Treinar e educar líderes sobre saúde mental é uma estratégia chave. Lideranças bem informadas sobre o tema estão melhor equipados para apoiar as pessoas, reconhecer sinais de problemas de saúde mental e direcioná-las para os recursos apropriados.


A conscientização em saúde mental também deve ser estendida a todas as pessoas. Fornecer informações e recursos pode ajudar a reduzir o estigma e incentivar aqueles que estão enfrentando desafios a procurarem ajuda.


Apoiar a saúde mental no local de trabalho não é apenas um investimento no bem-estar das pessoas, mas também no sucesso e na produtividade da empresa. Ao adotar estratégias eficazes e acompanhar as tendências atuais, as empresas podem criar um local de trabalho saudável e motivado, onde todos possam prosperar.


Medindo o impacto das intervenções de saúde mental


A avaliação do impacto das ações implementadas é uma parte crítica de qualquer estratégia no ambiente de trabalho. Contudo, ao medir a eficácia dessas iniciativas, as organizações podem avaliar se suas práticas de saúde mental, neste caso, estão funcionando e onde podem ser necessárias melhorias.


Existem várias formas de medir o impacto dessas intervenções, incluindo:

  • Taxa de utilização de serviços de saúde mental;

  • Níveis de engajamento das pessoas;

  • Redução nas taxas de absenteísmo;

  • Aumento na produtividade.


Monitorar essas métricas pode fornecer às organizações insights valiosos sobre como seus programas estão beneficiando as pessoas e a organização como um todo. Estes dados, por sua vez, podem ser usados para refinar e aprimorar ainda mais as estratégias de saúde mental, garantindo que as organizações continuem a apoiar as pessoas efetivamente.


Conclusão


A saúde mental no trabalho é um tópico que ganhou visibilidade nos últimos anos, com as organizações cada vez mais cientes de sua importância na formação de equipes saudáveis, motivadas e produtivas.


As tendências recentes mostram a evolução do entendimento sobre o assunto.


No entanto, a verdadeira transformação do local de trabalho acontece quando as empresas adotam uma abordagem estratégica para a saúde mental.


A saúde mental no local de trabalho não é apenas uma questão de responsabilidade social corporativa, mas também um componente crucial para o sucesso das organizações.


As empresas que adotam estratégias eficazes de saúde mental se beneficiam de equipes mais saudáveis, mais engajadas e mais produtivas, criando um círculo virtuoso de satisfação e desempenho.

Conheça a Jungle Medical, empresa do nosso ecossistema especialista em saúde mental e neurociência, e saiba como podemos ajudar na construção de um ambiente mais saudável na sua empresa!






714 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page