top of page

Do Employee ao People Experience: como oferecer uma boa experiência para as pessoas?

Atualizado: 22 de dez. de 2023


Mulher e um home olhando para um tablet com rosto feliz. Capa do artigo sobre People Experience.
People Experience | Artigo exclusivo Great People


Em tradução livre, a expressão “employee experience” pode ser traduzida como “experiência do colaborador”. Para conhecer o conceito, entretanto, é preciso ir além da tradução da expressão. Na prática, o employee experience representa a forma como os colaboradores interpretam e vivenciam as interações com a companhia, desde o seu primeiro dia de trabalho.


A experiência do colaborador envolve todo tipo de interação que o profissional tem no trabalho, incluindo aquelas com as lideranças e seus pares. Indo além das pessoas, ela envolve a relação com sistemas, políticas e até com o ambiente de trabalho — seja ele físico ou virtual.


Esse conceito pode ser trabalhado ativamente na gestão de pessoas, de modo a buscar uma percepção melhor por parte dos profissionais em relação à empresa e um ambiente mais agradável e positivo.

Do employee experience ao people experience: como tem sido a evolução?

Apesar de o employee experience ser um conceito relevante e que ganhou popularidade no mercado de trabalho, ele tem passado por uma evolução importante. Nesse caso, tem sido cada vez mais comum falar em people experience — ou "experiência das pessoas", em tradução livre.

A ideia por trás desse conceito também envolve a percepção dos profissionais em relação ao ambiente de trabalho e sobre as interações que ocorrem. No entanto, o people experience vai além do mero aspecto profissional. Sendo assim, não há preocupação apenas com a visão do colaborador sobre a empresa, mas da pessoa que está por trás do desempenho de determinada função.

Com a adoção dessa abordagem, passa a haver uma visão muito mais completa da pessoa, considerando aspectos como vida pessoal e familiar, interesses, habilidades e demais pontos. Há, portanto, a preocupação em estabelecer experiências positivas de modo muito mais abrangente e que contemple os diversos setores da vida de uma pessoa.

Por que é importante cuidar da experiência das pessoas?

Como você conferiu, o employee experience tem passado por uma evolução, o que se relaciona às novas necessidades e expectativas dos colaboradores e às mudanças do mercado, de forma geral. Ao dar atenção a esse tema, é possível obter resultados relevantes — em especial, considerando o people experience.


A seguir, descubra quais são os principais motivos que justificam a relevância de focar na experiência do colaborador!

Melhoria de performance

Em geral, uma experiência melhor faz com que as pessoas fiquem mais engajadas e se tornem mais produtivas. Isso costuma levar a um aumento no volume de resultados gerados pelo time, ajudando a garantir uma atuação mais sólida.


Isso se deve a fatores como o alto grau de satisfação e sensação de pertencimento. Como consequência, é possível atingir objetivos com maior facilidade, além de ganhar vantagem competitiva.

Redução do turnover

Outro motivo para investir na experiência do cliente é a redução da rotatividade. Segundo a IBM, apenas 21% dos colaboradores deixariam uma companhia que oferece uma boa experiência aos colaboradores.

Essa questão é crucial porque ajuda a reduzir os custos com contratação, admissão e treinamento e ainda favorece o engajamento e a coesão do time. Dessa maneira, é possível garantir um nível maior de continuidade dos colaboradores na empresa.

Otimização da experiência do cliente

Cuidar da experiência dos colaboradores, muitas vezes, significa satisfazer o público de forma mais significativa. Afinal, profissionais mais engajados podem entregar mais qualidade no trabalho, o que será percebido pelos clientes.

No caso dos profissionais que lidam diretamente com o público, essa questão se torna ainda mais significativa. O contato com os clientes costuma ser melhor quando o colaborador tem uma boa percepção sobre a empresa e suas interações com ela, gerando mais satisfação, fidelização e indicações por parte do público.

Aumento de receita e lucro

Segundo um estudo da Harvard Business Review, o desenvolvimento de uma boa experiência para os colaboradores é capaz de aumentar o faturamento e a lucratividade dos negócios. Em média, o aumento nas receitas chega a ser de 50% e na lucratividade, de 45%.

Isso significa que o negócio consegue gerar mais resultados sem expandir os custos de maneira exponencial, o que favorece a sustentabilidade financeira. A melhoria nos resultados está relacionada aos demais efeitos que você conferiu até aqui, sendo um motivo a mais para investir nesse sentido.

Como trabalhar o employee experience?

Já que desenvolver o employee experience é tão importante, é necessário compreender como colocá-lo em prática. Mais que apenas pensar na questão profissional, como você acompanhou, é preciso considerar os outros aspectos da vida do colaborador, inclusive no âmbito pessoal e de seus interesses.

Na sequência, confira como aprimorar a experiência das pessoas, incorporando o conceito de people experience na gestão de pessoas!

Ouça os colaboradores

Entender do que as pessoas precisam e pelo que elas se interessam é um passo essencial para ser capaz de oferecer uma experiência compatível com essas expectativas. Portanto, é preciso fazer pesquisas e ter uma cultura de escuta ativa para ouvir os colaboradores — e não só no aspecto profissional.

Em vez de simplesmente perguntar o modelo de trabalho favorito ou quais são os desafios no cotidiano profissional, é preciso entender melhor as questões que motivam ou que geram dificuldades para as pessoas. Dessa forma, é possível ter insumos melhores para cuidar dessas interações.

Ofereça autonomia

Um dos pilares de um bom employee experience tem a ver com a confiança. Para levar essa abordagem para o próximo nível de people experience, é ainda mais importante focar nessa questão. Nesse contexto, é essencial oferecer autonomia para os colaboradores desempenharem suas funções.


Isso envolve dar orientações claras e responsabilidades compatíveis com as capacidades. Porém, também envolve abrir espaço para a experimentação e até para o erro, dentro do possível. Em geral, os colaboradores que têm mais autonomia se sentem mais confiantes para desempenhar o trabalho e se engajam mais.

Crie uma cultura de feedback

Uma parte essencial do employee experience se relaciona à oferta de feedbacks constantes, embasados e que contribuam com o desenvolvimento dos profissionais. Afinal, dessa forma as pessoas podem identificar pontos de melhoria e compreender quais são os aspectos mais relevantes para atingir novos patamares na carreira.


Além da oferta de feedbacks, é importante que as lideranças sejam capazes de recebê-los. Isso ajuda a criar um canal duplo de comunicação, garantindo mais sinergia de atuação e atenção ao que é relevante para as pessoas. Principalmente, essa é uma forma de garantir que os colaboradores se sintam ouvidos, o que faz uma grande diferença para a percepção deles sobre a interação na empresa.

Promova a diversidade

As pessoas são diferentes e compreender isso é um aspecto essencial para garantir que os colaboradores tenham uma boa experiência no negócio. Nesse sentido, é indispensável buscar formas de promover a diversidade no negócio.


Compor times diversos e com diferentes contextos, por exemplo, fomenta a inovação e estimula a colaboração. Também é importante buscar formas de corrigir discrepâncias e vieses, como o gap salarial entre gêneros ou os vieses no processo de recrutamento e seleção.

Em especial, essa é uma forma de contemplar e valorizar os colaboradores também como pessoas, considerando suas diferentes características. Isso tende a fortalecer o relacionamento com a empresa, além de melhorar a percepção sobre as interações.

Desenvolva a liderança

O employee experience e o people experience só podem ser colocados em prática de modo efetivo se houver uma atuação relevante da liderança. Afinal, as pessoas que ocupam esses cargos devem agir para propagar a cultura e fortalecer as interações que ajudem a garantir a satisfação dos demais colaboradores.


Para tanto, as lideranças precisam ser desenvolvidas tanto em relação às hard skills como sobre as soft skills. Desse modo, é possível garantir uma atuação muito mais consistente.

Cuide da saúde mental dos colaboradores

A atenção à saúde mental dos profissionais é essencial para cuidar deles também como pessoas. Afinal, o trabalho pode impactar o bem-estar psicológico das pessoas, sendo importante que exista essa preocupação.

Nesse quesito, vale incentivar a criação de ambientes de trabalho saudáveis e positivos, que considerem as necessidades principais de quem atua nos times.

Isso pode passar pela oferta de uma jornada de trabalho flexível, novos benefícios e até mesmo por transformações mais profundas na cultura - o importante é saber o que as pessoas precisam para terem uma relação mais saudável com o trabalho e criar um plano de ação em cima disso.

Ainda, é preciso incentivar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Se o colaborador conseguir se dedicar adequadamente à família, à sua vida pessoal e aos seus outros interesses, é provável que ele tenha uma percepção melhor sobre estar na empresa.

Invista em sustentabilidade

A metodologia ESG está relacionada à sustentabilidade em três âmbitos: ambiental, social e de governança corporativa. Trabalhar esses três pilares é importante para garantir um ambiente melhor para os colaboradores, atendendo a diferentes anseios deles.

Nesse sentido, é importante trabalhar aspectos como transparência na comunicação, adoção de compromissos socioambientais e comunicação de iniciativas e resultados. De modo geral, implementar a sustentabilidade pode adicionar mais propósito ao ambiente de trabalho e à jornada dos colaboradores, tornando-a mais consistente e satisfatória.


Agora você sabe o que é employee experience e, principalmente, como esse conceito tem evoluído para a questão de people experience. Com a adoção adequada de estratégias voltadas a essa abordagem, é possível construir interações mais satisfatórias, melhorar a experiência das pessoas e, assim, aumentar o engajamento e a produtividade na sua empresa.

Tem interesse em acompanhar mais conteúdos e dicas sobre gestão de pessoas? Siga nossas redes sociais! Estamos no LinkedIn e Instagram!



Baixe agora o Relatório da pesquisa o Trabalho Ideal, realizada pelo Ecossistema Great People & GPTW.


63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page