top of page
  • Foto do escritorEquipe Great People

Como construir um excelente ambiente de trabalho? 5 dicas [+ vídeo]

Atualizado: 3 de mai.


Como construir um excelente ambiente de trabalho
Como construir um excelente ambiente de trabalho | Artigo Exclusivo Great People

As empresas que desejam crescer e se destacar no mercado devem estar constantemente engajadas na transformação de seus ambientes de trabalho, assim como na melhoria da cultura, do clima e da experiência das pessoas.

É preciso criar um espaço de inovação, colaboração e diversidade, onde todos se sintam valorizados e pertencentes. Uma iniciativa que associa os objetivos da empresa às necessidades dos colaboradores, estabelece uma atmosfera de bem-estar e compromisso mútuo. Saiba mais sobre o tema neste artigo!

Por que é tão importante garantir um ambiente de trabalho saudável?


Com os novos modelos de trabalho, o ambiente de trabalho pode ser o espaço físico da empresa, do lar de um colaborador ou de um coworking. Nesse contexto, a abordagem se torna mais abrangente, para incluir formatos como home e anywhere office.

Não se trata, portanto, apenas de um lugar com mesas, cadeiras, equipamentos e recursos, mas de uma ambientação que incentiva os profissionais a serem cada vez melhores, produtivos, felizes e realizados.

Todos os esforços empregados têm como objetivo alcançar resultados satisfatórios e benéficos para empresa e colaboradores. Só assim o ambiente continuará saudável, motivador e com ares de boa convivência e troca, onde impera o respeito e a parceria.

Para construir excelentes ambientes de trabalho é preciso entender de pessoas e suas necessidades, o que dá embasamento às práticas adotadas em organizações que correspondem às expectativas e são consideradas as melhores para se trabalhar.

Embora as pessoas sejam diferentes, com ambições e projeções distintas para a carreira, devido às experiências vivenciadas nos campos profissional e pessoal, há algo em comum e coletivo, relacionado ao pós-pandemia.

As pessoas estão mais preocupadas com a flexibilidade e o bem-estar, com a saúde e a qualidade de vida, e, consequentemente, com o tempo dedicado à vida e ao trabalho. As relações ganharam foco e muitos têm priorizado relacionamentos com propósitos e valores alinhados.

Desafios dos novos formatos de trabalho na construção de ambientes sólidos

De acordo com o relatório Trabalho Ideal, resultado da pesquisa realizada pelo Ecossistema Great People & GPTW com mais de 1300 respondentes de variados perfis, 43% das pessoas estão trabalhando presencialmente e somente 20,2% estão em regime remoto, sendo que os híbridos representam 32,8%.




Embora a maioria demonstre interesse por um dos formatos com trabalho flexível, que permita mais autonomia de tempo para cuidar das questões domésticas e familiares, além da saúde mental e física, as empresas ainda têm dificuldades de incorporar esses modelos, o que pode estar ligado ao desafio de manter um ambiente de trabalho saudável.

Muitas estão tentando acompanhar as transformações do mundo do trabalho e as novas demandas das pessoas, mas ainda há um longo caminho pela frente. A mudança de mentalidade e a reformulação da cultura organizacional, saindo de controladora para flexível, são essenciais nesse momento.

Ainda na pesquisa, os participantes foram questionados sobre o que realmente importa em um trabalho e as respostas de maior destaque, foram:

  • Alinhamento com valores e propósito: 72,2%

  • Flexibilidade: 66,9%

  • Remuneração: 64,2%

  • Benefícios de saúde mental e bem-estar: 61,3%

  • Formato de trabalho: 58,1%

  • ESG: 53%

  • Diversidade e inclusão: 44%

  • Reconhecimento da empresa no mercado: 36,9%

Ao final, a busca por um significado no trabalho precisa encontrar um ambiente que proporcione ganhos reais e importantes, e não apenas um salário no fim do mês.


Os profissionais da atualidade permanecerão em empresas que saibam reconhecer e valorizar seus talentos, mas, acima de tudo, dar autonomia de controle do trabalho, do tempo e da vida.


Os benefícios de fazer do ambiente um espaço favorável para todos são perceptíveis e até mesmo tangíveis. Um colaborador satisfeito na empresa em que trabalha dificilmente buscará oportunidades no mercado. Logo, entre as muitas vantagens de investir em iniciativas para fortalecer o ambiente, se destacam:

  • aumento da motivação;

  • redução do turnover;

  • diminuição das ocorrências de absenteísmo;

  • maior qualidade de vida dos colaboradores;

  • mais autonomia de trabalho;

  • melhora da comunicação e do relacionamento.

Como construir um excelente ambiente de trabalho para todos?


Se para que o ambiente de trabalho seja excelente é preciso entender de pessoas e desenvolver estratégias para as pessoas, o formato de gestão people centric passou de uma tendência inovadora a uma prática essencial que tem transformado o modo de atuação das empresas.

É nesse cenário, em que se coloca as pessoas no centro do negócio, que se deve embasar o processo de transformação em diversos aspectos.

Entre estratégias, práticas, metodologias e conhecimentos, a Haline Aquino, CEO da Great People Consulting, trouxe em sua palestra no Great Summit 2023 alguns cases e dicas consistentes para construir um excelente ambiente de trabalho. Confira a seguir!


1. Inspire pelo propósito e valores

As pessoas, tanto as que já trabalham na empresa quanto aquelas que estão em busca de uma vaga de emprego, precisam se conectar com os propósitos e valores organizacionais. Esses são pontos importantes para que os talentos se mantenham motivados e permaneçam por muito mais tempo vinculados.

Esses valores podem ser transmitidos de várias maneiras, como em ações que mostrem a preocupação da empresa com o trabalhador para além do trabalho, iniciativas de reconhecimento, desenvolvimento e até mesmo de inclusão dos funcionários.

A Novo Nordisk, farmacêutica produtora de insulina e empresa premiada em 1° lugar no ranking de Melhores Empresas para Trabalhar, é um case interessante. A porta de entrada da fábrica é estampada pela foto do filho de um dos colaboradores, portador de diabetes, que se voluntariou para participar da campanha.

Assim, as pessoas chegam para o trabalho e se deparam logo na entrada com esse reforço da missão da empresa de levar vida e saúde para as pessoas.

Já na Gazin, rede moveleira e também premiada, há uma ação de reconhecimento de competências que pode ser realizada por qualquer um dos colaboradores. Ou seja, qualquer pessoa tem a oportunidade de reconhecer um colega, superior ou qualquer outra pessoa da organização.


Essa ação incentiva uma cultura de reconhecimento e apreço pelo trabalho do outro, mas também incentiva que as pessoas entendam as competências, vivenciem e perceberem no outro como elas têm sido aplicadas no dia a dia.


2. Desenvolva líderes


Acreditamos na capacidade de capacitar as pessoas para que elas busquem seu potencial e para que todos possam exercer a liderança, formal ou informalmente, não importa a posição ocupada.


Quando falamos em desenvolvimento de líderes, a experiência mostra que organizações de destaque possuem lideranças bem-preparadas aliadas a bons benefícios, um propósito claro e estrutura organizacional consolidada.


“Sem os líderes não existe um ambiente de trabalho saudável, produtivo, de engajamento”, reforça Haline.

Esse é um pilar essencial de transformação para que a empresa conte com líderes engajados e maduros, com um olhar apurado sobre a gestão de pessoas e, mais ainda, sobre as necessidades dos colaboradores enquanto indivíduos.


3. Escute as pessoas


A escuta ativa e genuína é fundamental dentro da proposta de uma comunicação aberta, que permite conhecer bem o time e saber as necessidades individuais e coletivas. Escutar os colaboradores possibilita, inclusive, medir o clima organizacional e, consequentemente, a qualidade do ambiente de trabalho.


Todos devem ter espaço e oportunidade de falar e serem ouvidos, contribuindo com suas ideias e sugestões, sem nenhum medo de retaliação ou punição. É importante que o canal de escuta não seja único, mas que esteja associado à relação com a liderança, que deve estar aberta a ouvir e não só escutar para entender e aprender, de fato, com os membros da sua equipe.


Haline reforça, inclusive, a relação do espaço de escuta com a inovação. Afinal, para inovar as pessoas precisam de oportunidades e só há essas oportunidades em ambientes de confiança, transparência e comunicação.


4. Humanize a gestão


Partindo do pressuposto de que não existe, na atualidade, o olhar humano sem o olhar estratégico e vice-versa, a humanização das organizações ajuda a construir um ambiente de trabalho melhor para todas as pessoas.


No Relatório de Tendências de Gestão de Pessoas, também desenvolvido pelo nosso ecossistema, quando questionados sobre o perfil ideal de liderança, 46,8% dos respondentes disseram que esperam empatia e uma gestão humanizada.


Isso mostra as expectativas de uma gestão centrada nas pessoas e capaz de ir além dos resultados, buscando realmente oferecer uma excelente experiência para as pessoas em um ambiente de confiança e saudável.


“Não existe uma empresa que transforme sua cultura, uma empresa de fato excelente sem esse olhar pra gestão, sem esse olhar humano.”

5. Crie relações de confiança


A última dica é mais uma reflexão de como a apresentação clara de propósito e direcionamento, o alinhamento de valores e cultura, o desenvolvimento de líderes, a comunicação e escuta ativa e uma gestão humanizada resultam em relações de confiança mútua.


“Escutar as pessoas é um momento de criar confiança, ter atitudes humanas é um momento de criar confiança, mostrar propósito, mostrar direcionamento também”.


Um exemplo é a empresa Greyston Bakery, que demonstra e criou confiança com os colaboradores desde o início criando a prática de não ter qualquer requisito para trazer um novo colaborador. Não olham ficha criminal, endereço e formação, por exemplo. Isso fez com que suas equipes sejam formadas por pessoas com diversas experiências e situações de vida.


Elas são preparadas por meses até que possam mostrar seu pleno potencial. Essa confiança se desdobrou em resultado: as equipes formadas dessa maneira foram as que trouxeram mais retorno e produtividade para a empresa.


Práticas relacionadas à diversidade também ajudam a construir essa relação de confiança, como as novas políticas de parentalidade - licença maternidade e paternidade estendidas, por exemplo -, que contribuem para uma maior responsabilização dos pais e maior equidade de gênero.


Além disso, programas como o de trainee para pessoas negras da Magazine Luiza que, apesar das críticas, seguiu em frente, com o entendimento de que a iniciativa tardia corrige o erro da falta de pessoas negras em posições de liderança na proporção que deveria ter na empresa. Você pode gostar de ler também 👇


Esses 5 momentos valiosos do processo de transformação de qualquer empresa reitera o compromisso de renovação da cultura e adaptação ao novo. Um ambiente de trabalho excelente é a junção de todos esses fatores, canalizados para estimular a busca por um espaço em que todos se sintam pertencentes e livres, ao mesmo tempo.


Se você deseja transformar o ambiente de trabalho da sua empresa, conheça a Great People Consulting.

Ajudamos as organizações a obterem melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho, inovação e dados.




115 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page